domingo, 26 de dezembro de 2010

António Ferreira

António Ferreira nasceu em Lisboa em 1970. Estudou direcção de orquestra com Jean-Marc Burfin na Academia Nacional Superior de Orquestra e participou em cursos de direcção orquestral com o maestro Jean Sébastien Béreau, antigo professor do Conservatório Nacional Superior de Música de Paris.

Aluno da Fundação Musical dos Amigos das Crianças (FMAC), instituição onde iniciou os estudos de piano com Maria Amélia Toscano, António Ferreira prosseguiu posteriormente os estudos de piano e de música de câmara na Escola Superior de Música de Lisboa com Jorge Moyano e Olga Prats respectivamente. Frequentou ainda os estágios de música de câmara das Escolas de Música Portuguesas / Orquestra 91 e 92, com o maestro João Paulo Santos.

Como Assistente de Palco participou na ópera “Otello” de Verdi com Plácido Domingo (1989) e na ópera “Werther” de Massenet com Alfredo Kraus e Ileana Cotrubas (1990), ambas apresentadas no Teatro Nacional de S. Carlos.

Como pianista solista apresentou-se com a orquestra da FMAC interpretando obras de Saint-Saëns e Beethoven. Actuou igualmente em diversos concertos e recitais, nomeadamente na RTP e na RDP, no Salão Nobre do Teatro Nacional de S. Carlos, no Serviço Acarte da Fundação Gulbenkian, no Palácio Nacional de Queluz, no Centro Cultural de Belém, na Culturgest e no Coliseu de Lisboa, entre outros. No estrangeiro actuou em Espanha (Festival Internacional de Valência e XXXI Semana Musical de Santa Cecília de Badajoz – 2009) e em França (Salon Josephine e Parlamento Europeu em Estrasburgo).

Dedicado ao ensino há 20 anos, António Ferreira leccionou piano e música de câmara na FMAC entre 1991 e 2003 e piano no “Artemanhas” e no “ArtEnsemble”. Foi ainda membro do Conselho Musical da FMAC durante vários anos. A convite da Direcção Artística da Orquestra das Escolas de Música Portuguesas / 99 fez parte do naipe de professores no estágio de música de câmara deste Curso de Verão, realizado nesse ano em Castelo Branco.

No final de 2003 participou num espectáculo de carácter infantil, onde interpretou ao lado de Yuki Rodrigues (piano a 4 mãos), “Ma mère l’oie” de Maurice Ravel e “Mon père l’oie” de Hiroshi Aoshima (primeira audição em Portugal). O espectáculo foi de responsabilidade do coreógrafo João Francisco Loureiro e contou com a participação de vários bailarinos e do actor Miguel Costa.

A convite da Câmara Municipal do Montijo, integrou o júri do II Prémio Nacional de Composição Jorge Peixinho realizado em 2007.

Desde Janeiro de 2006 é autor do programa “Prata da Casa”, emitido na Antena 2 e cujo principal objectivo é a divulgação da música erudita portuguesa.

Ainda em 2006, e numa co-produção Antena 2 / Centro Cultural de Belém, teve a seu cargo o ciclo de concertos comentados “As Janelas da Música – concertos conversados”. Posteriormente e em parceria com a Artemrede (Teatros associados), este ciclo foi realizado em diversas zonas do país num total de 37 concertos efectuados entre Outubro de 2006 e Maio de 2007. Entre Novembro de 2008 e Maio de 2010 foi responsável pela série de concertos “Música.com” (15 concertos) realizada em Loulé.

Em Maio de 2009 lançou o seu primeiro CD – David de Souza “Tout près de mon coeur” – inteiramente preenchido com obras de David de Souza (violoncelista, maestro e compositor nascido na Figueira da Foz em 1880 e falecido na mesma cidade em 1918). O CD com obras para piano solo, voz e piano e violoncelo e piano, conta com as participações da soprano Ana Leonor Pereira e do violoncelista Pedro Neves.

Em 2010 participou no livro “Colóquio Barroco”, organizado pelo Dr. Francisco Magno da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Brasil, com o ensaio “Alma Lusitana – Carlos Seixas, expoente máximo do barroco instrumental português”.

No domínio da direcção de orquestra, António Ferreira tem-se apresentado à frente de diversas formações orquestrais em concertos realizados por todo o país, executando um repertório diversificado de onde se destacam obras de Vivaldi, Haydn, Beethoven, Mendelssohn, Wagner, Milhaud, Barber e Ravel.

Actualmente é Maestro Titular da Orquestra do Novo Círculo de Cultura Musical. Entre os concertos realizados com esta formação orquestral, destacam-se o Concerto em homenagem a Lord Wellington (Figueira da Foz - 2008), o ciclo efectuado no Palácio de Queluz em 2009, o espectáculo “Noite de Ópera” (adro da Igreja de Santo Condestável em Lisboa / Praça Vasco da Gama em Vila do Conde – Junho de 2010, participação da soprano Ana Leonor Pereira e do tenor Carlos Guilherme), e o “Concerto de Natal” realizado também na Igreja de Santo Condestável em Dezembro de 2010.

António Ferreira é fundador do Novo Círculo de Cultura Musical, uma Associação que visa a promoção das artes em Portugal

Sem comentários:

Enviar um comentário